22 setembro 2009

teaser
























estou a preparar 1 blog de culinária. só ainda não foi publicado porque estou com medo. de ser atazanada por gajos que querem casar com donas de casa. sou 1 rapariga simples. gosto de cozinhar porque gosto de cozinhar. e não meto a sociologia do acasalamento nestes assados. por isso. gajos da blogosfera que confundem espargos com espanadores, este blog não será para vocês. sigam o vosso caminho em busca da Modesto das vossas vidas. que isto aqui será hard & real type food, hard & real type love, hard & real fucking type sex.
serve o recado para as gajas que querem casar com meninas prendadas em amesterdão. e para as gajas que querem 1 dicas de como conquistar os seus amados pela boca. elas que são tão hyppe e tão da moda e vêem filmes tão giros e têm livros de escritores tão complexos e ainda sabem cozinhar umas coisas e vão às inaugurações da miguel bombarda tão giras . vá de retro. aqui a comida é a sério. o amor é a sério. e o sexo é a sério. não tem cartão de conceptualização? não entra.
para os restantes. isto abre em breve :)
n.b. chef ró, i love you

6 comentários:

MADRUGADA... disse...

ser conquistado pela boca é coisa pouca. para mim: árdua tarefa.

gosto de literatura complexa... e até mesmo da arte de bem saber conceptualizar.

perdi o meu cartão de conceptualização. mas ainda assim consegui aqui entrar (rimou) :)

good luck in the kitchen*

sandra andrade disse...

refiro-me às gajas que têm escritores complexos mas não os abrem. as que lêem as sinopses das obras no google e têm 1 cardápio de citações. mas posso dar 1 dica para fugires dessas moças: põe as moças à vontade. lá à tua maneira ;) e depois deixa-as chegar ao ponto em que não se calam. vais ver. vão começar a dizer o que realmente lêem e gostam. é nessa altura que te pões na alheta :P
tu já tens mais do que cartão. já nem precisas de mostrar :)
obrigada. a ver o que sai *

Rogério Nuno Costa disse...

YAYYYYYY!!!!!

sandra andrade disse...

meu guru, yayyyyyyyy

Inês Leitão disse...

Cara Sandra:
Alguém me disse um dia que a gastronomia -ou o acto de fazer comida, se quiseres- é um acto de amor.
Um acto de amor dirigido a nós e ao nosso corpo, num primeiro momento, e ao corpo da pessoa que alimentamos.

Infelizmente eu nunca fui boa nesta matéria, talvez siga o teu blog :)


cheers,

I.

sandra andrade disse...

que bom...
o teaser está a funcionar :)
a ver se faço alguma coisa de jeito agora... hihi
não digas que não sabes cozinhar. toda a gente sabe.