28 abril 2009

a luz do meu frigorífico quando se apaga agora já não vai para lado nenhum. está sempre apagada...



e já agora. não sei como é que o joão fiadeiro nunca veio aqui parar. gosto gosto. já tinha saudades disto. há muito muito tempo. era eu uma criança. e ia fazer workshops ao Rivoli. espera. era ao Rivoli? olha, pois era.
(alaíde alaíde. acrescentar na carta da alaíde.)

Sem comentários: