23 agosto 2008

chegarei sempre adiantada ao dia 23 de agosto

parece que vai frio em Agosto. parece que ainda existem pessoas atravessadas. de pontes a cidades de interior.
(e parece que ainda se não acabam todas as pilhas de todos os patinhos de luz de todas as banheiras de todas as cidades atravessadas por comunicações específicas. intemporais. exclusivas.)
senão isto de pensar.

abraço de parabéns, nuninho

2 comentários:

Anónimo disse...

o meu sincero, luminoso e comovido agradecimento

sandra andrade disse...

não tem nada que agradecer que é de graça. e merece e beijos e saudades. e sempre adiantada. e um dia assim de coiso.